O que é um transtorno de Personalidade
4 de outubro de 2022
Para que serve um psicólogo?
23 de novembro de 2022

Yvone psicopata ou narcisista?

Yvone é amiga de infância de Sylvia. As duas não se viam ha muitos anos, quando Yvone decide voltar ao Brasil e se hospeda na casa da amiga. Durante sua estada, Yvone conhece e conquista o marido de Silvia, o empresário Raul Cadore. Ela consegue convencer Raul de que ele precisa de uma vida nova e então arquiteta um plano.

Ela convence Raul a forjar a própria morte e assumir uma nova identidade fora do país. Deixando a família e a empresa.

Caso você não tenha se ligado, Yvone é uma personagem interpretada pela atriz Leticia Sabatella em 2009 na novela Caminho das Índias. E o que me fez escrever sobre Yvone? Bem a vilã de Leticia Sabatella tem fortes traços de uma pessoa que tem transtorno de personalidade.

Seria Yvone uma narcisista?

Antes de concluir essa leitura porém, sugiro que você leia a o texto (O que é um transtorno de Personalidade) e se inteire do tema.

Agora que você já sabe o que é um transtorno de personalidade, percebeu que esse é um jeito de ser da pessoa e não uma condição na qual ela possa ser tratada com medicação que tudo ficará bem.

Mas e quanto a Yvone?

Bem Yvone é uma mulher bonita, que não apenas sabe disso como faz uso de seus atributos físicos para conseguir o que deseja. No entanto ela não faz o estilo de mulher “gostosa”, está mais para bonita e inteligente, Yvone é elegante, sedutora mas que não usa da vulgaridade e sim da sensualidade para conquistar suas vitimas, neste caso, empresários de alto nível, como é o caso dos Cadore.

Mais adiante na trama percebemos que todos os passos dela são pensados, não há nada de acaso ou coincidências. Ao reencontrar a amiga dos tempos da escola, Yvone se coloca como uma mulher que está fragilizada e com inúmeros problemas familiares para resolver. Silvia ( personagem da atriz Debora Block) oferece a amiga ´para que fique em sua casa. Sem perceber é influenciada pela amiga a tal atitude.

Sorrateiramente ela começa a seduzir o marido da amiga e acaba tendo um caso com ele.

Deixando de lado a amizade, ela convence o agora amante a deixar sua família e a vida que tem. Forjando a própria morte ele poderá viver uma vida diferente com uma nova identidade, deixando para trás a única filha, seu pai e a esposa.

Habituada a dar golpes ela aciona sua rede de apoio no crime e arma a falsa morte de Raul, fazendo com que a partir de então ele seja conhecido como Humberto Cunha (fora do país).

Yvone não se preocupa com os sentimentos de Silvia ou de qualquer outra pessoa que não os dela. Ou melhor, ela se preocupa com o próprio bem estar, pois é muito difícil dizer se ela realmente tem dentro dela algum tipo de sentimento. Ambiciosa e extremamente habilidosa na arte de enganar e fingir, podemos dizer facilmente que Yvone é uma mulher com transtorno de personalidade narcisista.

Mas será que ela se enquadra?

Antes de prosseguirmos preciso trazer aqui algumas diferenças entre pessoas com o transtorno de personalidade narcisista e o transtorno de personalidade antissocial (psicopatia).

Narcisistas x Psicopatas

Pessoas com o transtorno de personalidade Narcisista apresentam falta de empatia e uma necessidade de reconhecimento e senso de grandiosidade ( que apenas ele enxerga) acredita que o mundo está sempre em débito com ele.

Todos se tornam suas vítimas, já que não fazem o menor esforço para construírem boas relações.

Narcisistas acreditam que são seres especiais, diferentes. Não dispõem de empatia. Se alguém está mal ele está pior.

Pode-se dizer que essas pessoas são verdadeiros invejosos, no entanto enxergam o contrário disso. Invejosos são os outros que querem sempre o que ele tem.

Sua necessidade de superioridade engloba não apenas questões físicas mas também intelectuais, tem um senso de grandeza e superioridade e jamais admitem que outra pessoa possa ser melhor.

Empatia, não há pois tem imensa dificuldade em reconhecer as necessidades das outras pessoas.

Pessoas com o Transtorno de Personalidade Antissocial já apresentam indícios desde a infância, com um descaso pela própria segurança e de outros. Com nenhum remorso por ferir, maltratar pessoas ou animais.

No entanto o diagnóstico de um transtorno de personalidade antissocial somente é possível a partir dos 18 anos de idade, ainda assim é possível ver os sinais que surgem na infância e adolescência.

Na vida adulta seus comportamentos se intensificam com a dificuldade em se ajustar socialmente.

O que torna o antissocial diferente do narcisista se concentra na sua não necessidade de admiração.

Voltando a Yvone…

Está claro que falta nela empatia, mas Yvone finge muito bem, pode até parecer que ela sente muito pela perda da amiga, mas não vamos esquecer, ela não apenas está envolvida como mantem o caso com Raul, fora do país. Isso até o momento em que ela aplica o golpe final e deixa o Cadore sozinho e com uma identidade falsa em Dubai.

Aliás, é importante acrescentar que para conseguir com que Raul confie em seu plano, ela se apresenta como médica. Coisa que ela nunca foi.

O retorno da vilã é para fazer uma nova vítima.

Falando em vítima, ela ama fazer esse papel. Narcisistas só se prestam ao papel de vítimas quando lhes convém, mas no caso dela é diferente, a cena é para que as pessoas se compadeçam de sua situação. Se coloca como alguém fragilizada para angariar a compaixão das pessoas a sua volta.

Yvone apresenta claramente os critérios de uma pessoa com transtorno de personalidade antissocial, mas para que não fique dúvidas, Yvone é uma psicopata.

Pessoas como ela são verdadeiros predadores charmosos e atraentes e tendem a deixar um rastro de destruição por onde passam, porque são pessoas que não dispõem de uma consciência moral.

Há quem diga que os psicopatas são pessoas extremamente inteligentes, no entanto se observarmos bem de perto, eles tendem a serem pegos por repetirem seus comportamentos.

No caso de Yvone, ela aplica um golpe em Raul e Silvia, mas eles não são suas primeiras vitimas, ela vem de outro país “fugindo” de uma investigação.

Assim que deixa Raul em Dubai com a identidade falsa de Humberto Cunha ela tenta aplicar um golpe em Ramiro, mas é surpreendida pela esposa dele Melissa Cadore. Adiante ela e seu cúmplice tentam aplicar um golpe em outro casal. E assim a vilã acaba sendo pega.

Tal comportamento se enquadra na característica – comportamento impulsivo, psicopatas são assim.

Outras características…

Egocentrismo, falta de remorso, falta de empatia, comportamento impulsivo, falata de controle da raiva ( eu diria uma dose de falta de controle emocional, mas na ausência de emoções esse argumento não se sustenta). Tendencia a falsidade, mentira e trapaças.

E ai, deu pra notar alguma coisa em Yvone?

Mas antes de sair aplicando o diagnóstico de psicopatia por aí é muito importante que você saiba que o transtorno de personalidade antissocial pode atingir entre 1% e 2% da população mundial e para que uma pessoa seja diagnostica com o transtorno é importante que o sujeito tenha no mínimo 18 anos de idade, tenha apresentado transtorno de conduta até os 15 anos de idade.

No entanto o diagnóstico somente poderá ser feito por um especialista neurologista ou médico psiquiatra , amigos e familiares podem ajudar identificando padrões de comportamentos desajustados e incentivar a procura de ajuda profissional.

Personagem _____________________________________

Yvone é interpretada pela atriz Leticia Sabatella, na novela Caminho das Índias, escrita por Glória Peres em 2009.

____________________________________________________________________________Sobre a autora ___________________________________________________________________________

Ana Paula
Ana Paula
Gosta de gente, de ouvir e de falar. Ama um áudio longo, café e chá. Tereré também, anota aí na lista, e mais um tanto de outras coisas que até Deus dúvida.. Há, é psicóloga também, pode indicar. E caso precise, pode com a Ana contar ;)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *